Imagem do artigo

Tipos de certificado digital: entenda quais são, os benefícios e como funciona

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
7.8

Já falamos muito sobre o que é o certificado digital e para que serve. Mas você conhece os principais tipos que a Serasa oferece? Essa tecnologia funciona como uma identidade do mundo virtual, pois permite a identificação e a representação do usuário na internet. Dessa forma, pode ser utilizada tanto para reconhecer o acesso em sites oficiais quanto para validar transações entre duas partes distintas.

Porém, apesar das inúmeras vantagens oferecidas, essa tecnologia ainda não é amplamente difundida entre as empresas. Com isso, é comum vermos a existência de processos burocráticos e pouco eficientes nos negócios.

Por esse motivo, preparamos este post para mostrar quais são os principais modelos de certificados digitais existentes no mercado, destacando os principais tipos oferecidos pela Serasa Experian. Além disso, apresentaremos alguns dos seus principais benefícios e como você pode escolher o modelo ideal para o seu empreendimento. Ficou curioso para saber mais sobre o assunto? Então, é só continuar a leitura!

Quais são os tipos de certificados digitais?

Existem vários tipos de certificados digitais e cada um é utilizado para casos específicos, de acordo com as necessidades do negócio. Por isso, é importante que você conheça as diferenças entre eles para evitar o uso incorreto. A seguir, apresentamos os principais. Acompanhe!

Certificado tipo A

Os certificados do tipo A são aqueles utilizados para a assinatura digital. É o modelo mais usado atualmente e tem o objetivo de garantir a autenticidade de qualquer documento virtual.

Esse tipo de certificado é indicado para profissionais liberais que precisam enviar documentos digitais assinados. Além disso, também pode ser utilizado por empresas que precisam validar uma grande quantidade de arquivos rotineiramente. A seguir, apresentamos as principais categorias desse tipo de certificado.

  • Certificado Digital A1

Nesse tipo de certificado, a identificação é armazenada no seu dispositivo móvel, no seu navegador de internet ou no seu computador. Além de ser criptografado e protegido por uma senha, o certificado A1 tem validade de 1 ano. Outras características desse modelo são:

– pode ser utilizado em outros dispositivos;

– não existe a necessidade de utilizar mídias portáteis como cartão ou token;

– não necessita de nenhum preparo do computador para a utilização.

Além disso, esse tipo de certificado oferece vantagens como:

– riscos menores de perdas ou extravios:

– reforço à automação;

– possibilidade de acesso de qualquer lugar;

– instalação rápida.

  • Certificado Digital A3

Esse tipo de certificado tem a emissão realizada em uma mídia criptográfica como um token ou um cartão. A sua validade é de 3 anos, mas depende do local em que está armazenado. Além disso, o acesso é protegido por meio de uma senha ou da autenticação de dois fatores.

Algumas vantagens do Certificado Digital A3 são:

– mobilidade;

– hardware separado;

– prazo de validade maior.

  • Certificado tipo S

Os certificados tipo S são utilizados para garantir o sigilo e a confidencialidade de determinada transação. Ao utilizar esse modelo, as informações são criptografadas e o acesso só é liberado por meio de um certificado autorizado, o que evita o vazamento de dados.

Esse tipo de certificado é muito utilizado por empresas que precisam transmitir, regularmente, informações confidenciais pela rede.

  • Certificado tipo T

Esse tipo de certificado tem o objetivo de atestar o momento em que a emissão de determinado documento digital foi realizada. Por isso, também é conhecido como timestamp ou carimbo de tempo.

Porém, essas informações podem ser fraudadas com o objetivo de oferecer vantagens para uma das partes do acordo. Por esse motivo, o certificado tipo T usa uma terceira parte certificadora para validar o instante em que a emissão foi feita. Além disso, para garantir que as transações sejam mais seguras, você pode utilizá-lo em conjunto de outros certificados. 

Quais são os tipos oferecidos pela Serasa Experian?

A Serasa Experian oferece vários tipos de certificados digitais para garantir mais segurança e eficiência nas transações eletrônicas. A seguir, apresentamos os principais. Acompanhe!

  • e-CPF

O CPF tem uma versão digital que pode ser utilizada para autenticar as transações realizadas por pessoas físicas no ambiente virtual, conhecida como e-CPF. A sua emissão pode ser realizada com o tipo A1 ou A3, garantindo integridade, segurança e sigilo dos dados.

  • e-CNPJ

O e-CNPJ é uma versão digital do CNPJ do seu negócio. Ele é utilizado para garantir a integridade das transações empresariais realizadas no meio virtual. Ao utilizá-lo, o seu negócio pode fechar acordos e fazer procurações, por exemplo. Assim como o e-CPF, esse tipo de certificado também é emitido nos modelos A1 e A3.

  • NF-e

O NF-e é um dos tipos de certificado mais importantes para as empresas. Isso porque ele concede validade jurídica às emissões de notas fiscais realizadas pelo seu negócio. Além disso, pode ser utilizado pelos colaboradores responsáveis pela tarefa, o que garante mais segurança à operação, pois você não precisa compartilhar o seu e-CNPJ.

Esse certificado é indicado para as empresas que precisam emitir os seguintes documentos:

– Nota Fiscal Eletrônica (NF-e);

– Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e);

– Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e);

– Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e).

  • e-Jurídico

O e-Jurídico é utilizado por advogados para acessar os processos de maneira remota para assinar procurações e petições com confiabilidade, e segurança. Por isso, essa certificação é reconhecida como uma ferramenta de desburocratização entre os juristas brasileiros.

  • e-Contador

O e-Contador é o RG digital utilizado exclusivamente por contadores. Com o seu uso, é possível assinar documentos e enviar dados para órgãos do governo, por exemplo. Além disso, os profissionais não precisam gastar mais tempo nem recursos com o deslocamento até os cartórios para resolver algumas questões de natureza contábil ou fiscal.

  • e-Saúde

O e-Saúde é utilizado para a prescrição de medicamentos, assinatura de prontuários eletrônicos e emissão de atestados. Os profissionais da área da saúde que podem emitir esse certificado são:

fisioterapeutas | assistentes sociais | psicólogos | biomédicos | nutricionistas | enfermeiros | fonoaudiólogos | profissionais de Educação Física | médicos | médicos veterinários | odontólogos | biólogos | terapeutas ocupacionais | farmacêuticos

  • e-MEI

O e-MEI é a identidade virtual de uso exclusivo dos microempreendedores individuais. Ao utilizar esse certificado, é possível acessar vários serviços do governo, como fazer a Declaração de Imposto de Renda, e realizar a assinatura de contratos digitalmente.

  • Certificado SSL

O Certificado SSL é usado para garantir a proteção dos dados dos usuários que navegam em um website. Ao utilizá-lo, é possível impedir que as informações sejam visualizadas ou interceptadas durante o processo de transferência para o servidor. Alguns tipos oferecidos pela Serasa Experian são:

– Protectweb PRO SANs OV: usa o recurso de inclusão de Nomes de Assunto Alternativo para garantir a proteção de até 100 nomes de endereços públicos de IP, domínios e subdomínios em apenas um certificado SSL;

– Protectweb DV: faz o processo de verificação nos websites, oferecendo maior confiança para os usuários de que o site é verdadeiro e não uma cópia feita por hackers Esse tipo é indicado para as empresas que estão no processo de construção da sua marca;

– Protectweb PRO OV: oferece maior segurança para os usuários de que o site é verdadeiro, assim como o Protectweb DV, e apresenta as informações da sua empresa. Além disso, é indicado para os negócios que valorizam e objetivam proteger a sua marca no mercado;

– Protectweb PRO EV: é o certificado mais completo disponível. Ele fornece a garantia de que o site acessado é verdadeiro, traz informações do seu negócio e mostra para o usuário a barra de navegação verde, que contém a razão social da sua empresa. Além disso, é indicado para os negócios que têm um certificado de última geração e que têm um nome a zelar no mercado;

– Protectweb Wildcard DV: garante a proteção de uma quantidade ilimitada de subdomínios em apenas um certificado. É indicado para as empresas que hospedam ou gerenciam várias páginas ou websites no mesmo domínio.

Para escolher a opção mais adequada, basta conhecer as principais características de cada um para saber qual é o certificado SSL mais vantajoso para o seu negócio. Afinal, você quer garantir maior segurança e agilidade para a sua empresa, não é mesmo?

Qual a diferença entre os certificados A1 e A3?

Os certificados digitais dos tipos A1 e A3 são os mais populares atualmente. Porém, eles têm características e vantagens distintas que você precisa conhecer. Acompanhe!

  • Mídia armazenada

No certificado do tipo A1, as chaves são geradas diretamente no seu computador. Já no modelo A3, a chave privada é armazenada em um dispositivo como um token ou um cartão inteligente.

  • Vulnerabilidade

O certificado digital do tipo A1 não pode ser perdido, danificado ou roubado fisicamente, pois ele está gravado no seu computador. Já o tipo A3, como é armazenado em um dispositivo portátil, está sujeito a esses riscos.

  • Validade

Em relação à validade, o certificado tipo A1 é válido por 1 ano, enquanto o tipo A3 tem um prazo maior, correspondente a 3 anos. Por isso, esteja atento a esses períodos para renovar e evitar prejuízos para a rotina da sua empresa.

  • Custo

O certificado digital A1 tem um custo menor para o usuário, pois é armazenado no seu próprio computador. Já o A3 tem um custo maior, pois deve ser gerado a partir de um dispositivo portátil.

  • Emissão

O A1 pode ser emitido tanto via videoconferência quanto presencialmente (basta inserir o CEP para localizar o posto de atendimento mais perto de você). Já a emissão do A3 é feita apenas de maneira presencial.

Portanto, se você tem dúvidas sobre qual tipo de certificado escolher para a sua empresa, é importante ponderar todos esses aspectos para fazer o investimento mais adequado para o seu negócio.

Quais os benefícios do certificado digital?

O certificado digital apresenta uma série de vantagens para os seus usuários. Além de garantir mais agilidade nos acordos, contribui para que as transações sejam mais seguras. A seguir, elencamos os principais benefícios do uso dessa tecnologia. Acompanhe!

  • Segurança e privacidade

Os certificados digitais são considerados o RG do mundo digital e só podem ser acessados por pessoas autorizadas. Todas as informações são criptografadas, o que garante a integridade e a autenticidade das transações realizadas. Dessa forma, você tem a certeza de que todos os acordos são verdadeiros e que não ocorreu nenhuma fraude ou violação nos seus dados.

As assinaturas em papel, por outro lado, podem ser facilmente falsificadas. Com isso, os fraudadores podem utilizá-las para realizar transações em seu nome sem o seu conhecimento, nem a sua autorização, o que pode ocasionar vários prejuízos emocionais e financeiros.

  • Mobilidade

O certificado digital possibilita que os negócios sejam realizados de qualquer lugar do mundo. Você só precisa ter acesso à internet e utilizar um computador que possa ser conectado à rede.

Dessa forma, para que um empresário brasileiro consiga fechar um contrato com um americano, por exemplo, ele só precisa acessar a plataforma de assinatura de documentos e fazer a assinatura com o certificado. Com isso, as transações podem ser realizadas de maneira rápida e sem nenhuma burocracia.

  • Redução de custos

Como as operações são realizadas por meio eletrônico, você não precisa mais se preocupar com despesas relacionadas à compra e armazenamento de papel. Além disso, a sua empresa não precisa mais ter gastos com a impressão de documentos.

Outra despesa que pode ser eliminada do seu negócio com a adoção dessa tecnologia é aquela necessária para o transporte e para o pagamento dos colaboradores alocados para coletar as assinaturas dos acordos. Dessa maneira, esses profissionais podem desenvolver funções mais estratégicas, o que contribui para o aumento da eficiência e da produtividade do seu negócio.

  • Sustentabilidade

Ao utilizar o certificado digital, as empresas reduzem drasticamente o uso de papel e de impressões em sua rotina. Com isso, contribuem ativamente para a redução do desmatamento e para a conservação dos recursos naturais.

Assim, além de ajudar a preservar o meio ambiente, os negócios que adotam essa tecnologia têm grande vantagem competitiva no mercado. Isso porque as causas ambientais e sociais têm ganhado uma relevância cada vez maior nos dias atuais e os consumidores têm priorizado negócios alinhados com essas questões.

  • Segurança jurídica

Em geral, para que os contratos tenham validade jurídica, as assinaturas precisam ser reconhecidas em cartório. Essa exigência, além de tornar o processo mais burocrático, pode inviabilizar alguns acordos.

Ao utilizar o certificado digital, você não corre o risco de perder um negócio interessante devido à dificuldade de coletar as assinaturas das partes envolvidas. Isso porque esse tipo de assinatura tem a mesma validade jurídica que aquelas realizadas em cartório.

  • Agilidade e praticidade

Com o certificado digital, os acordos podem ser realizados em qualquer horário e local, o que garante mais agilidade e praticidade aos processos. Dessa forma, você não corre o risco de perder um contrato muito vantajoso para o seu negócio porque os cartórios estavam fechados ou por qualquer outro motivo dessa, ou de outra natureza.

Para que serve o certificado digital?

Além da realização de contratos, o certificado digital pode ser utilizado para várias outras finalidades. A seguir, apresentamos as principais. Acompanhe!

  • Acesso a sistemas restritos

Existem diversos portais, principalmente de órgãos do governo, que só podem ser acessados por meio da confirmação da identidade do usuário. Nesses casos, o uso dos certificados digitais é muito comum e útil para quem precisa ter acesso a esses sistemas. Ao utilizá-los, é possível resolver as questões com mais facilidade e evitar longas esperas em filas desnecessárias.

  • Assinatura de contratos

Fazer a assinatura digital de documentos é uma das principais funções dos certificados digitais. Por oferecer inúmeras vantagens para os negócios, a tendência é a de que sejam cada vez mais utilizados no mundo corporativo.

  • Navegação em ambientes virtuais

Muitos profissionais precisam acessar alguns sistemas para desenvolver as suas atividades. Nesses casos, o certificado digital é importante para validar a identidade do usuário e permitir que ele realize as suas funções.

  • Emissão de nota fiscal eletrônica

As empresas que realizam a emissão da nota fiscal eletrônica devem assiná-la por meio de um certificado digital. No entanto, a sua obrigatoriedade depende da atividade e do regime tributário do seu negócio. Caso precise utilizá-lo no seu empreendimento, você deve seguir os seguintes passos:

– selecionar uma autoridade certificadora;

– separar a documentação necessária;

– comprar o certificado e fazer o agendamento da validação;

– aguardar o prazo da entrega ou da retirada do certificado.

Utilização do e-Social

O e-Social é um sistema que unifica as informações da declaração do Imposto de Renda retido na fonte, do recolhimento do FGTS e da Previdência Social. Além disso, contém informações da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Ele é muito útil para as empresas e deve ser acessado por meio de um certificado digital.

Como o certificado digital funciona?

A assinatura usada nos certificados digitais é baseada em um par de chaves criptográficas. Elas correspondem a um aglomerado de bits que estão condicionados a um determinado algoritmo que é capaz de codificar e decodificar os dados. Para garantir a autenticidade da assinatura devem ser utilizadas:

  • uma chave privada, que é responsável pela codificação das informações que validam a identidade da empresa ou da pessoa;
  • uma chave pública, que é usada para decodificar as informações que foram criptografadas na chave privada criada junto a ela.

Porém, para que a transação ocorra sem nenhum problema, é importante que sejam utilizadas conexões seguras, como aquelas que usam o protocolo Secure Socket Layer (SSL).

Como saber o tipo de certificado digital ideal para o seu negócio?

Não existe um certificado digital específico para cada tipo de empresa. Afinal, essa tecnologia pode ser utilizada tanto por pessoas físicas quanto jurídicas de qualquer tamanho ou área de atuação.

Porém, para que você faça a escolha ideal para o seu negócio, é importante analisar a quantidade de documentos fiscais que deve ser emitida. Além disso, você deve avaliar as vantagens de cada um para saber qual vale a pena ter.

Quais cuidados tomar com o seu certificado digital?

Para que você utilize o certificado digital com segurança é importante que alguns cuidados sejam adotados. Dessa forma, é possível evitar o roubo ou o vazamento dessas informações. A seguir, apresentamos os principais. Acompanhe!

  • Realize uma cópia de segurança

Caso seja necessário fazer a formatação do seu computador, você deve realizar uma cópia de segurança do seu certificado digital. Principalmente, se a sua empresa tiver os do tipo A1 que serão perdidos se não forem copiados para outros locais.

  • Fique atento à validade

Ao escolher o certificado digital ideal para o seu negócio, é importante ter atenção ao seu prazo de validade, pois ele perde valor após esse período. Portanto, se você não quer prejudicar a rotina da sua empresa com uma expiração inesperada, tenha atenção a essas datas, ok?

  • Crie uma senha

A criação de uma senha forte é imprescindível para garantir maior segurança no uso dos certificados digitais. Para isso, utilize letras maiúsculas e caracteres especiais. Dessa forma, somente você terá acesso à plataforma e ao seu computador.

  • Use token, smart card ou cloud

Não armazene as suas chaves privadas no disco rígido do seu computador, principalmente se ele não tiver senha. O ideal é que você utilize um dispositivo físico ou a nuvem para proteger essas informações.

Como você pode perceber, o certificado digital traz inúmeras vantagens para as empresas. Isso porque além de garantir a segurança e a veracidade das transações, contribui para fornecer mais agilidade e mobilidade ao processo de assinatura de documentos. Com isso, você não vai mais perder nenhum negócio devido à falta de tempo para comparecer aos cartórios para fechar contratos. Além disso, é possível evitar o vazamento de dados e obter maior nível de produtividade no seu empreendimento.

O importante é que você saiba identificar quais são os tipos de certificado digital ideais. Dessa forma, é possível aproveitar de todas as suas vantagens — não deixe de conhecer os tipos de certificados oferecidos pela Serasa Experian.

E aí, gostou deste post? Entendeu quais são os principais tipos de certificado digital e como escolher os modelos ideais para o seu negócio? Que tal conhecer os nossos certificados digitais de e-CPF e e CNPJ? Com certeza, eles contribuirão para otimizar ainda mais os processos. Até a próxima!

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.