Imagem do artigo

Dia das Mães: 7 dicas para comprar presentes na internet com segurança

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
9

Mais uma vez, o Dia das Mães está chegando! Essa é uma ocasião apropriada para vender mais no varejo, mas é preciso saber como.

Vender pela internet já se tornou uma realidade consolidada, mas muitos consumidores ainda sentem insegurança nas compras pela web. E aí? Como contornar essa situação?

Neste artigo, vamos dar algumas dicas de como comprar com segurança na internet. Confira como aproveitar melhor para comprar presentes de Dia das Mães! Dê essas dicas aos seus clientes. Eles com certeza vão ficar agradecidos e satisfeitos. Acompanhe!

Como identificar se o site é seguro?

Para ter um site seguro, as lojas devem investir na certificação SSL. Mas é preciso ainda ter outros cuidados. Vamos dar 7 dicas para que o consumidor tenha mais confiança ao fazer compras pela internet.

1. Verifique o certificado SSL

Vamos começar mostrando o que é certificado digital SSL. O certificado SSL (sigla para Secure Socket Layer) consiste em um arquivo de dados que usa chave criptográfica para proteger as informações que são trocadas entre a loja virtual e o usuário da página.

A partir da certificação é criada uma conexão entre o site e o dispositivo usado (computador, celular, tablet).

Há três modelos de certificado SSL:

  • validação de domínio: o mais simples e barato, com emissão rápida, em até 30 minutos;
  • validação organizacional: destinado às empresas, com a exigência de determinados dados;
  • validação estendida: exigência de documentação física para a emissão de uma certificação de nível mais elevado (essa certificação é considerada representativa de status porque destaca o nome da marca junto ao cadeado verde).

Sempre que um usuário visita uma loja virtual, o navegador pede o envio da certificação digital e avalia sua validade, se realmente faz parte do domínio e se está em dia.

Caso tudo esteja correto, a URL iniciará com HTTPS. Caso não esteja, o site abrirá como HTTP e receberá a classificação de “inseguro”.

2. Consulte a Política de Privacidade

Toda loja virtual tem sua Política de Privacidade. Não ignore os termos dela. A Política de Privacidade reúne a descrição de como a empresa age em relação às informações pessoais de usuários do site.

São dados que podem ser obtidos de formas diversas, como:

  • cookies (informações de navegação);
  • dados a respeito de páginas visitadas;
  • dados de contato que o próprio usuário envia;
  • localização;
  • fontes de tráfego;
  • comportamento do visitante na loja virtual.

3. Confirme as informações de contato

Outro cuidado importante é em relação às informações de contato da empresa. Na página “Sobre” do site, há informações sobre a história da empresa e sobre os endereços dela e outras formas de contato (e-mail, telefone, redes sociais). Algumas vezes, as informações estão registradas no rodapé da página.

Quando uma empresa é realmente confiável, ela não se incomoda em divulgar dados importantes, como endereço, responsáveis e outros. Claro que somente isso não é o suficiente para comprovar que a empresa é totalmente confiável, mas já é um grande passo para a segurança do consumidor.

4. Proteja-se de vírus

Tal como a Covid-19, os vírus digitais também trabalham de forma silenciosa. São invisíveis, mas muito perigosos, não tenha dúvidas!

Alguns indícios podem revelar que um site pode estar infectado por um vírus ou malware:

  • os navegadores acusam a infecção, notificando o usuário;
  • sites suspeitos apresentam erros gramaticais e ortográficos, usando linguagem apelativa e tentando passar uma falsa segurança em suas evidentes anomalias;
  • pop-ups suspeitos, que são as janelinhas que se abrem na tela, solicitando que o usuário tome uma ação (por exemplo, um clique ou um compartilhamento de informação);
  • URLs suspeitas (quando o usuário fica com o mouse sobre uma URL, é possível identificar para onde o site está direcionando e, assim, ele pode clicar ou não).

5. Confira o domínio e a URL

O domínio da loja virtual é o endereço que o usuário digitou para chegar nela, situado na barra do navegador. Um site confiável tem domínio profissional, o que passa mais confiabilidade.

Voltamos a falar sobre o “S” no final do HTTP, ou seja, HTTPS. URLs são emitidas por:

  • HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure): conexão segura com SSL;
  • HTTP (Hypertext Transfer Protocol): sem criptografia (não tem SSL).

6. Pesquise a reputação e o histórico do site

Quais são as informações que circulam na internet sobre a loja? Para obter informações valiosas, uma simples consulta no Google ou em outro navegador pode ser suficiente. O usuário poderá ter acesso a importantes informações a respeito do passado da empresa.

O Google Meu Negócio é um exemplo de serviço gratuito que oferece informações relevantes que ajudam a identificar a confiabilidade de um site.

Caso a empresa ainda não tenha um perfil no Google Meu Negócio, não é o fim. Existem outros sites de reviews que podem ser consultados, como alguns fóruns de comunidade e o já famoso Reclame Aqui.

7. Suspeite de descontos altos

Todo consumidor deseja bons descontos, mas é preciso ter cuidado. Se os descontos forem muito altos, acima da média de mercado, é um motivo para desconfiança.

Talvez o site queira apenas capturar dados do usuário ou fazer vendas suspeitas inseguras, em que o cliente efetua o pagamento e não recebe o produto.

Quais são os melhores presentes de Dia das Mães?

Bem, há diferentes presentes de Dia das Mães que o consumidor pode comprar. O varejo deve aproveitar para oferecer boas opções para seus clientes, como:

  • cestas de café da manhã ou almoço;
  • kit de vinhos (para as mães que apreciam a bebida, é claro);
  • e-reader ou livros (para as mães que gostam muito de ler);
  • pintura terapêutica;
  • plantas em vasos;
  • serenata/playlist com canções específicas para a mãe;
  • kit de perfumes;
  • caixas decoradas;
  • canecas personalizadas;
  • itens de beleza;
  • caixas de chocolate;
  • cursos online;
  • roupas e calçados;
  • kit papelaria (marca texto, canetas coloridas, clipes, grampeador, post-it);
  • cartão especial;
  • massagens;
  • utensílios de cozinha;
  • fritadeira elétrica (air fryer);
  • difusor de ambiente.

Veja que não faltam opções de presentes de Dia das Mães! Vale a pena dar muitas opções ao cliente sem esquecer de dar dicas de segurança nas compras. E sem esquecer um desconto também — ou outra vantagem que realmente satisfaça o cliente.

O que achou do assunto? Já está se preparando para essa data especial? Vamos lá! Aproveite e venha nos conhecer nas redes sociais. Você vai curtir postagens mais dinâmicas, com vídeos e imagens! Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.