Imagem do artigo

Imposto de Renda 2022: tudo o que você precisa saber para se preparar

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
7.5

Todo início de ano o cidadão brasileiro precisa se preocupar com algumas questões. Os donos de carros, por exemplo, buscam se organizar para pagar o IPVA e outras obrigações relacionadas ao automóvel. Já para os proprietários de imóveis, o que mais preocupa são os valores e prazos com descontos para o IPTU. Mas quando se trata de Imposto de Renda, o assunto inquieta a todos a quem ele envolve.

Fazer essa declaração é obrigatório para pessoas físicas e jurídicas que não estão dentro da faixa de isenção. Quem não cumprir com essa tarefa corre o risco de ter sérios problemas com o governo.

Quer sanar as principais dúvidas sobre o Imposto de Renda 2022 e saber tudo o que você deve fazer para tirar essa preocupação da sua lista de afazeres deste ano? Então, acompanhe as dicas que separamos para você!

O QUE É O IMPOSTO DE RENDA?

Apesar de ser contribuinte, muita gente não sabe responder essa pergunta e vive no “automático” pagando seus impostos sem ter ideia da razão ou destino de cada um deles. O Imposto de Renda é um tributo federal cobrado sobre os rendimentos declarados por cada pessoa (física ou jurídica) no ano anterior.

Logo, a declaração é um passo fundamental para o governo fazer o cálculo de quanto será a tributação — que seja uma alíquota variável, para que o valor do pagamento seja proporcional ao valor do rendimento.

Conheça mais o e-CPF, a solução que te apoia na declaração de Imposto de Renda

QUEM PRECISA FAZER A DECLARAÇÃO?

Todos os cidadãos brasileiros que no ano anterior tiveram uma renda tributável acima do limite de isenção devem fazer a declaração de Imposto de Renda 2022, assim como nos anos seguintes.

Por rendimento tributável podemos entender: salários, créditos de atividades autônomas, aluguéis, aposentadorias, pensões etc. Existem ainda aqueles que são tributados desde a fonte, como o décimo terceiro, aplicações financeiras e participação nos lucros e resultados (PLR). Todas as posses pessoais também precisam ser declaradas, incluindo veículos, imóveis, obras de arte e os valores depositados em conta corrente ou qualquer outra aplicação.

QUAL A NOVIDADE DE 2022?

Acompanhar as mudanças de um ano para outro é muito importante, já que o processo se repete. Contudo, alguns detalhes podem influenciar em casos específicos.

Em 2022, a novidade é que a faixa de isenção foi estendida de R$1.903,98 para R$2,5 mil. Ou seja, quem recebe até dois mil e quinhentos reais por mês está isento de fazer a declaração de Imposto de Renda e não precisa se preocupar com nada relacionado ao IP.

A partir desse valor, todos devem enviar a documentação devida a não ser que se enquadrem na isenção por outros motivos, como ser dependente de outra pessoa física ou ter alguma das doenças consideradas pelo governo para a desobrigação (AIDS, Parkinson, cegueira, alienação mental etc).

QUEM RECEBE RESTITUIÇÃO?

O direito à restituição é para quem pagou mais do que devia no último ano. Então, a Receita Federal faz essa análise após o envio da documentação e estabelece os lotes de pagamento da restituição.

Cada caso é avaliado individualmente e não são todos eles que vão receber algum dinheiro de volta. Essa informação deve ser consultada no site da Receita, verificando o cálculo da restituição e se o valor será liberado no lote vigente. Os pagamentos costumam ser divididos em cinco lotes, a partir do mês de maio.

COMO FAZER A DECLARAÇÃO?

Todo o processo é feito pela internet. É necessário baixar um programa da Receita Federal específico para Imposto de Renda e concluir cada passo solicitado na plataforma. Isso pode ser feito tanto pelo computador quanto por dispositivos móveis (procure pelo aplicativo Meu Imposto de Renda na loja virtual).

Outro detalhe importante é que qualquer pessoa pode fazer a sua própria declaração, mas quem quiser também pode procurar ajuda de profissionais especializados que estão acostumados a lidar com essa tarefa — como os contadores.

O programa tem uma parte de “ajuda” com instruções que guiam o contribuinte. Inclusive, várias informações ficam salvas no sistema, sendo possível pegar as declarações anteriores para facilitar o preenchimento dos dados. Quem tem o certificado digital consegue acessar a declaração pré-preenchida com facilidade.

Uma outra etapa importante no processo é escolher entre os dois modelos tributários disponíveis. O simplificado considera os rendimentos de forma automática e 20% das despesas sendo dedutíveis, já o modelo completo permite adicionar detalhes financeiros na sua documentação. Assim que tudo estiver completo e correto, basta clicar em “entregar declaração”.

QUAIS SÃO OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS?

Separar toda a documentação com certa antecedência é uma ótima dica para evitar problemas com o Imposto de Renda, até porque se houver algum imprevisto você tem tempo de resolver a questão. Confira quais são os principais documentos solicitados no nosso manual Descomplicando o IR22:

🦁 BAIXAR O MANUAL #IR22! 

Em situações especiais, o ideal é consultar um contador ou tentar solucionar suas dúvidas pelo serviço de atendimento da Receita Federal. O mais importante é não deixar de entregar a declaração para não correr o risco de ser multado e até de ter o seu cadastro como pessoa física ou jurídica cancelado.

QUAL É O PRAZO PARA ENVIAR SEUS DOCUMENTOS?

Normalmente, a Receita Federal dá um prazo de 60 dias para que todos os brasileiros entreguem suas declarações. Do começo de março ao final de abril, o sistema online fica disponível para o envio da documentação.

Em alguns casos, essa data é estendida — como aconteceu em 2020 e 2021, que foram anos de pandemia. Porém, como isso não é uma regra e depende de decisões do governo, é melhor se preparar para entregar seus documentos pessoais dentro do período divulgado inicialmente. Fique de olho nas notícias sobre o Imposto de Renda 2022 para não perder o prazo e cumprir com sua obrigação!

E aí, conseguiu sanar suas principais dúvidas sobre o assunto? Então, aproveite para compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e ajudar outras pessoas a fazer o mesmo!

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.