Imagem do artigo

MEI pode cadastrar a residência como endereço comercial

Avatar
Escrito por Comunicação
Nota dos leitores
para este artigo:
6.7

Segundo lei complementar que reforça a atualização da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (artigo 7, parágrafo único da LC 147/2014), agora o Microempreendedor Individual (MEI) pode usar o endereço de sua residência como sede do negócio próprio. No entanto, ele não pode exercer uma atividade que exija local específico.
 
Desde que a figura do MEI foi criada, em julho de 2009, já são cerca de 6 milhões de empreendedores, sendo que apenas nos 3 primeiros meses deste ano, 260 mil pessoas já se formalizaram como MEI. O processo de adesão é fácil e menos burocrático, garantindo que o empreendedor obtenha seu CNPJ em tempo hábil e possa emitir notas fiscais, participe de licitações públicas e tenha acesso facilitado a empréstimos, entre outras vantagens.
 
Fonte: Exame.com | Sebrae

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.