Imagem do artigo

MEIs começam a mandar dados para o eSocial

Avatar
Escrito por Comunicação
Nota dos leitores
para este artigo:
7

O calendário de implantação do eSocial segue e agora chegou a vez dos Microempreendedores Individuais (MEIs). Desde o dia 16 de Maio está disponível para essa classe de empresários o acesso ao módulo simplificado do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). O eSocial foi implantado pelo governo com o sentido de facilitar a vida de empresas e empregados e tornar mais fácil e ágil o acesso às informações sobre as ocorrências de trabalhadores. 

Esta etapa é facultativa, somente estarão disponíveis os formulários para cadastramento dos dados do MEI e do empregado. De acordo com Maurício Balassiano, diretor de Certificação Digital da Serasa Experian, é importante a todos os empreendedores o acesso ao sistema com um certificado digital válido, e assim, seguir crescendo e fornecendo para grandes empresas. “Para ser fornecedor de grandes grupos, mesmo um MEI precisa emitir nota fiscal eletrônica, com isso precisa adquirir um certificado digital, que funciona, também, como uma forma de expansão das possibilidades de novos negócios”.

Em julho, os empreendedores poderão cadastrar de forma facultativa ainda informações da folha de pagamento. O cadastro obrigatório passará a vigorar em outubro. Há no momento 8 milhões de MEIs no País e estima-se em 150 mil o número de trabalhadores formalizados nessas empresas.


Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.