Imagem do artigo

Por que o leão é o símbolo do Imposto de Renda

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
10

Muita gente não sabe por qual motivo a Receita Federal adotou o leão como símbolo do Imposto de Renda. No final de 1979, a Receita Federal pediu para a lendária agência DPZ uma campanha publicitária para divulgar o Programa Imposto de Renda. A ideia era estabelecer uma forma de ampliar a arrecadação. Após analisar as propostas dos publicitários, nasceu a ideia de um leão como símbolo da ação fiscalizadora da Receita, em especial do Imposto de Renda. A criação do leão era do publicitário José Zaragoza e na época o secretário da Receita era Francisco Dornelles.

A ideia causou certa controvérsia, segundo informações oficiais, mas a campanha foi lançada mesmo assim. No primeiro filme o leão aparece sendo entrevistado por um repórter de televisão. A primeira campanha com o leão representando a Receita e o Imposto de Renda se deu em 1980.

Foram 4 os motivos para a escolha do leão, levaram em consideração algumas de suas características, segundo a própria Receita:

  1. Ele é o rei dos animais, mas não ataca sem avisar;
    2. É justo;
    3. É leal;
    4. É manso, mas não é bobo.

Em dez anos, leão apareceu em 30 filmes. A campanha resultou, de imediato, numa identificação pela opinião pública do leão com o imposto de renda. O leão é manso, mas não é bobo, foi a mensagem dos filmes da campanha.

O sucesso da campanha publicitária foi tão grande que chegou aos dicionários. O Dicionário “Houaiss” define Leão como o órgão responsável pela arrecadação do imposto de renda. Segundo o “Aurélio”, Leão é o órgão arrecadador do imposto de renda. Para o “Sacconi”, Leão é o serviço de arrecadação do imposto de renda. Na definição do “Dicionário da Academia Brasileira de Letras”, Leão é o órgão encarregado de recolher o imposto de renda.

Na verdade, o Leão é do tempo em que a declaração era preenchida com caneta e papel, nos anos 1980. Hoje, o Leão foi aposentado pela Receita Federal. Pelos conceitos dos dicionários, verifica-se a relação do leão com o imposto de renda e não com a Receita Federal, o termo, afinal, virou sinônimo da autoridade, sobretudo quando as pessoas se referem a prestação de contas com o leão e não com a RF.

É também de se observar que se liga o felino à arrecadação, embora, no início, a afinidade fosse mais forte com a fiscalização. Embora hoje em dia a Receita Federal não use o leão, a imagem do símbolo ficou guardada na mente dos contribuintes, numa das mais bem sucedidas peças publicitárias da mídia brasileira.

Algumas dicas de como fazer a declaração do

Imposto de Renda em 2021

Há três formas de fazer a declaração do Imposto de Renda neste ano: pelo site e-CAC, por aplicativo (app) para celular ou tablet ou baixando o programa do respectivo ano no computador.

Para preencher, contribuinte pode fazê-lo também de três maneiras: manualmente, começando uma declaração do zero; a partir da declaração do ano anterior; ou pré-preenchida com dados atuais de outras declarações recebidas pela Receita Federal.

Durante o preenchimento, é possível importar informações de rendimentos e despesas médicas, se os comprovantes forem eletrônicos.

Finalizado preenchimento, o contribuinte deve selecionar regime de tributação (deduções) mais vantajoso. Se estiver tudo certo, basta escolher a opção “Entregar Declaração”.

O programa grava automaticamente o recibo após o envio da declaração à Receita Federal. Este recebido pode ser impresso salvo no celular, tablet ou computador em formato PDF.

O recibo também informa eventuais pendências em declarações anteriores ou dívidas de impostos federais.

O serviço de recepção de declarações não funciona no período entre 1h e 5h da manhã (horário de Brasília).

Os contribuintes que realizarem o preenchimento e o envio por meio de Certificação Digital têm uma série de benefícios, como o acesso à documentação pré-preenchida e o envio diretamente pela página da Receita Federal, sem a necessidade de baixar um programa específico para isso.

A Serasa Experian Certificação Digital presta uma ampla gama de serviços e oferece todo o suporte para ajudar Pessoas Físicas (e-CPF) com a utilização da assinatura digital. Para obter mais informações, acesse o site Serasa Certificado Digital.

 

 

 

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.