Dia Nacional do Trânsito: responsabilidade com a mobilidade urbana

Avatar   por danikato
Imagem do post
Avatar   por danikato

A última quinzena de setembro tem uma data muito importante para a cidadania no Brasil. O Dia Nacional do Trânsito, celebrado em 25 de setembro, é um marco sobre a importância da responsabilidade e dos cuidados de motoristas e pedestres com a mobilidade urbana.
 
O Dia Nacional do Trânsito foi instituído no país junto com a criação do Código de Trânsito Brasileiro, em 1997. Desde então, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) promove ações de engajamento e conscientização sobre os principais desafios e responsabilidades de cada um no desenvolvimento de um trânsito mais seguro.
 
Em 2018, a Semana Nacional do Trânsito será celebrada entre os dias 18 e 25 e traz o tema Nós somos o trânsito. A campanha pretende propor uma reflexão à sociedade sobre a mobilidade urbana, num estímulo a condutores (de automóveis, motocicletas, caminhões, ônibus ou bicicletas), pedestres e passageiros pela adoção de respeito e responsabilidade.
 
As comemorações neste ano também são marcadas por uma verdadeira revolução digital. Depois da aprovação de uma versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (a CNH-e) no início deste ano, agora chegou a vez de você usar em seu smartphone uma versão oficial do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).
 
O uso destes documentos em smartphones é uma inovação facilitada pela certificação digital, a tecnologia que identifica pessoas físicas e jurídicas e oferece validade jurídica e autenticidade a documentos digitais. Quem tem um certificado digital – como os comercializados pela Serasa Experian – pode gerenciar com muito mais facilidade a inclusão e exclusão destes documentos em versão eletrônica, diretamente no site do Denatran.
 
“Caso o celular com a CNH e CRLV digitais seja roubado ou perdido, basta ao usuário bloquear o documento. Se tiver o certificado digital, poderá fazer isso no portal do Denatran, solicitar o bloqueio remoto”, explica Murilo Couto, gerente sênior de Certificação Digital da Serasa Experian.
 
O aplicativo que armazena estes documentos eletrônicos substitui as versões em papel. Mas é bom lembrar que a posse do documento continua sendo obrigatória, ou seja, você deve ter o aplicativo e os documentos disponíveis em seu smartphone quando precisar validar as informações diante de uma autoridade.
 
O CRLV-e está sendo implementado no Distrito Federal e é implementado dez meses depois do anúncio do uso da e-CNH. A Carteira Digital de Trânsito desburocratiza o dia a dia dos motoristas e proporciona praticidade e segurança, por reunir em um só aplicativo todos os documentos de porte obrigatório.
 

Comprar e-CPF

 

Comprar e-CNPJ