Imagem do artigo

Liberada a consulta ao 3º lote de restituição do IR 2020

Giovanna Baseotto
Escrito por Giovanna Baseotto
Nota dos leitores
para este artigo:
10

Quase 4 milhões de contribuintes deverão receber no total cerca de R$ 5,7 bilhões.

A Receita Federal abriu nesta sexta-feira, 24 de julho, as consultas ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2020. A princípio, o crédito bancário para quase 4 milhões de contribuintes será realizado no dia 31 de julho, totalizando um valor de R$ 5,7 bilhões.

Em suma, as consultas poderão ser feitas através dos canais abaixo:

Pouco mais de R$ 2 bilhões do total a ser pago se referem aos contribuintes com prioridade legal. Sendo cerca de 734 mil pessoas acima dos 60 anos e outras 47 mil com alguma deficiência física ou mental. Há, ainda, outros 346 mil contribuintes cuja principal fonte de renda é o magistério, segundo a Receita. Dessa forma, os 2,8 milhões de contribuintes restantes fazem parte de grupos não prioritários que entregaram a declaração até o dia 28 de março.

Acompanhe o status de sua declaração

Assim, o contribuinte que tiver dúvidas sobre a sua situação, poderá consultar o extrato do IR no Portal e-CAC (Centro Virtual de Atendimento) e acessar o serviço “Meu Imposto de Renda”, para checar se está na malha fina. Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou o Certificado Digital, se o contribuinte tiver um.

No aplicativo para tablets e smartphones, também é possível consultar a situação cadastral de uma inscrição no CPF, além das informações sobre liberação das restituições do IRPF.

Após identificar eventuais inconsistências que tenham sido encontradas pelo Fisco na declaração do IR, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora. Quando a situação é resolvida, o contribuinte sai da malha fina e, caso tenha direito, a restituição será incluída nos lotes residuais do Imposto.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

Por fim, quem possui um Certificado Digital economiza tempo e tem maior facilidade para acessar o extrato do IR diretamente no site da Receita Federal (e-CAC). Para saber mais, visite https://serasa.certificadodigital.com.br/ecpf/.

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.