Imagem do artigo

Quais as maiores dificuldades das micro e pequenas empresas e como superá-las?

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
5.5

Muitas pessoas acreditam que empresas de pequeno porte rendem problemas menores. Entretanto, gerir esse tipo de organização pode ser tão complexo quanto comandar uma grande corporação. Além disso, existem desafios próprios dos pequenos empreendedores – que compõem quase 30% do PIB brasileiro – a serem superados. Conheça e saiba como driblar as principais dificuldades das micro e pequenas empresas.

Dificuldades das micro e pequenas empresas: planejamento adequado
É normal que empresários queiram logo colocar a empresa de pé para começar a trabalhar. No entanto, existe uma etapa fundamental antes disso, que é indispensável para a empresa se fixar no mercado: planejamento. Dificilmente uma organização consegue sobreviver se não tiver um plano de negócios estruturado.

Ao criar o plano de negócios, é importante extrair informações para estabelecer as seguintes questões:

  • Investimento necessário para levantar a empresa;
  • Descrição da empresa;
  • Aonde deseja chegar com a empresa e como traçar esse caminho;
  • Cenário atual do mercado escolhido;
  • Análise da concorrência.

Dica: se você é um pequeno empreendedor, não inicie suas atividades sem fazer esse checklist. Isso pode evitar muitos problemas no futuro.

Dificuldades das micro e pequenas empresas: gestão
A falta de gestão está diretamente ligada ao item anterior. É comum micro e pequenas empresas serem geridas intuitivamente, sem os devidos parâmetros, o que pode ser decisivo para afundar os negócios. É vital fazer algumas operações básicas, como controlar o fluxo de caixa, registrar entradas e saídas de mercadoria e criar um fundo de reserva.

  • Dica: se você não domina essa área, vale a pena buscar capacitação ou contratar um profissional. Pois é a gestão que garantirá a manutenção, o crescimento ou a saída da sua empresa do mercado.

Dificuldades das micro e pequenas empresas: apoio financeiro
Ter capital de giro é essencial para que a empresa evolua. Com esse suporte financeiro, é possível investir em ações de marketing para atrair mais clientes, por exemplo. Porém, o acesso às linhas de crédito por parte das micro e pequenas empresas está cada vez restrito.

A forma mais comum é por meio de financiamento junto às instituições financeiras, que nem sempre têm linhas de crédito adequadas ou menos burocráticas para esses tipos de empresa.

Analise diferentes instituições financeiras para buscar a que melhor atende ao que a sua empresa precisa.

  • Dica: bancos de fomento podem ser uma alternativa. Instituições públicas costumam oferecer condições especiais para micro e pequenas empresas, com taxas e prazos para pagamento mais atrativos, sem exigir tanto do capital da organização.

Dificuldades das micro e pequenas empresas: carga tributária
O Brasil tem uma alta carga tributária que sobrecarrega as micro e pequenas empresas, apesar de a maioria ser optante pelo simples nacional. Por isso, é necessário ter um planejamento tributário. Lembre-se de que cada segmento tem um tipo de imposto. Uma empresa do ramo industrial tem uma carga tributária diferente de uma empresa do ramo de prestação de serviço, por exemplo.

  • Dica: procure um bom contador para ajudar você nessa tarefa. Não deixe de buscar o serviço de um profissional para lidar com essas questões tributárias, o pois o barato pode sair caro.

Atenção! O pequeno empreendedor que deixa de recolher algum imposto tem problemas com a Receita Federal e pode ser que pague mais do que o necessário. Evite desperdiçar dinheiro.

Dificuldades das micro e pequenas empresas: conquistar novos clientes
Conquistar novos clientes é uma das principais dificuldades das micro e pequenas empresas. Muitas vezes isso se dá devido à falta de investimento nas ações de marketing, principalmente quando são negócios mais familiares. Ou então, quando o investimento é feito, acontece sem o planejamento estratégico necessário para atrair clientes. Outro erro comum é apostar em soluções mais baratas, mas que nem sempre geram os melhores resultados.

Se você é um pequeno empreendedor e responsável pela área de marketing, mas não possui o conhecimento necessário, é imprescindível buscar capacitação. Ou, se for possível, contrate um profissional da área.

  • Dica: o marketing digital, por exemplo, tem o grande potencial de maximizar os seus negócios, independentemente do seu segmento. Por meio dele, não existe fronteiras para o seu produto ou serviço chegar ao cliente.

Conteúdos relacionados no site da Serasa Experian

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
×
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.