Compre já seu Certificado
Imagem do artigo

Quais são os tipos de negociação e como usá-los para vender mais

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
3.7

Você já parou para pensar em quantas vezes precisa fazer algum tipo de negociação em seu dia a dia? Pode ser na contratação de um serviço, na compra de um produto, em um prazo de entrega, quem vai ficar responsável pelo jantar ou pela limpeza da casa ou qualquer outra condição.

O que queremos aqui é que você perceba duas coisas: a primeira é que a negociação não é uma atividade exclusiva do mundo empresarial. A segunda é decorrente da primeira e diz respeito à necessidade de flexibilidade durante a comunicação, uma vez que nem todas as situações são solucionadas da mesma forma.

Nesse sentido, é fundamental estar aberto às propostas oferecidas para ter bons resultados. Ao conhecer os diversos tipos de negociações, você consegue atingir os seus propósitos pessoais e profissionais rapidamente e se posicionar de maneira assertiva. Continue a leitura e conheça mais a respeito!

Quais são os 3 tipos de negociação? 

Existem alguns tipos de negociação e cada um apresenta determinadas características. Ao conhecê-las melhor, você vai se beneficiar das situações que podem surgir em seu empreendimento ou em sua vida pessoal. Confira a seguir!

1. Negociação por princípios

A negociação fundamentada em princípios tem como finalidade as soluções de problemas baseados em méritos e os ganhos são mútuos, ou seja, ninguém perde. Dessa forma, nesse tipo de negociação existe a troca de informações legítima entre os envolvidos no processo.

Em situações de conflito, os resultados são baseados em critérios justos, sem grandes prejuízos para os negociadores. Com ela, os objetivos são alcançados sem maiores adversidades.

Um exemplo de básico de negociação por princípios é quando um cliente chega a sua loja querendo comprar, mas deseja ter desconto. Para que não exista conflitos e para que a venda não seja perdida, é feito um diálogo para que exista um acordo satisfatório entre o cliente e o empreendedor.

2. Negociação utilitária 

Nas negociações utilitárias, os resultados esperados são mais importantes que o relacionamento. Logo, ter uma relação a longo prazo não atrapalha no alcance dos resultados almejados.

Nesse tipo de negociação, a possibilidade de conflitos é baixa e as oportunidades de realizar um bom negócio são altas. A negociação utilitária acontece quando um cliente chega sem pretensão de manter um contato com sua empresa, sua vontade é apenas de fazer uma aquisição. Ele já chega ao seu negócio sabendo o que quer e a compra e todo o processo de venda ocorre de maneira objetiva.

3. Negociação acidental 

A negociação acidental consiste no que você realiza com pessoas desconhecidas. Nesse panorama, não existe uma relação muito próxima entre você e as outras pessoas, e os resultados alcançados não são muito relevantes. Ela é chamada de acidental porque acontece de modo inesperado.

Em uma loja de roupa por exemplo, é normal que uma pessoa entre para olhar algum produto. Essa ação pode ser considerada acidental, uma vez que que ocorre forma momentânea e por sorte ela encontrou o que desejava em seu empreendimento. Para conseguir um bom resultado, é válido garantir um atendimento de qualidade.

Quais são suas vantagens? 

Diversas são as vantagens alcançadas em uma empresa quando as negociações são realizadas com eficiência e cautela. Caso não exista boas estratégias de vendas, o seu negócio não consegue se destacar com mercado. Sendo assim, saiba que os principais benefícios são:

  • aumento no número de vendas;
  • contas em dias;
  • fidelização de clientes;
  • boa reputação no mercado.

Saiba que ao contar com processos digitalizados na empresa, as negociações são melhores executadas. Isso acontece porque você terá as informações que precisa de forma rápida, sem maiores adversidades e os vendedores poderão realizar seu trabalho com mais qualidade.

Como aplicar os tipos de negociação? 

Para aplicar os tipos de negociação mencionados, é preciso que você saiba os seus reais objetivos durante o processo de negociação, é necessário compreender o que o outro deseja e quais os tipos de argumentos são válidos para ter bons resultados. Assim, saberá qual o tipo de negociação aplicar naquele momento.

Saiba que em cada situação existe uma forma adequada de se posicionar. Desse modo, é fundamental que você determine qual será a sua técnica antes de começar o processo. Caso isso não seja feito ao fechar um contrato, se você agir de qualquer jeito, não conseguirá se posicionar de maneira satisfatória.

Portanto, ao conhecer os tipos de negociação e suas diferenças, você consegue melhorar seus resultados durante um acordo ou transação com os fornecedores, clientes e outros empreendedores.

Saiba que ela é essencial para quem deseja se destacar no mercado e aumentar a rentabilidade. Além do mais, é importante enfatizar que, com as assinaturas digitais, as negociações são otimizadas, visto que os documentos podem ser assinados de qualquer lugar e hora.

Gostou do nosso post? Então que tal agora otimizar ainda mais as negociações das suas vendas? Adquira o seu e-CNPJ, assine documentos digitalmente com validade jurídica e torne suas demandas ainda mais práticas.

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.