Compre já seu Certificado
Imagem do artigo

Verificação de assinatura digital: como saber quando o Certificado Digital é válido

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
6

Para garantir que você seja uma pessoa sempre bem informada, é importante escolher as fontes certas e saber filtrar as informações. Além disso, mantenha-se atento às novidades tecnológicas e aprenda a usar as ferramentas disponíveis para buscar por conteúdos relevantes. Um exemplo disso é a verificação da assinatura digital: muitos ainda pensam que ela é menos segura do que a convencional!

É verdade que, com o avanço da tecnologia, as pessoas têm acesso a uma quantidade enorme de informações, por meio de diversos canais, como sites de notícias, redes sociais e blogs. No entanto, nem todas essas fontes são confiáveis, sendo preciso ter cuidado para não acabar caindo em armadilhas ou se perder em meio às fake news e tentativas de fraudes.

Por isso trazemos este artigo até você. Nele, você vai entender os principais aspectos das assinaturas e certificados digitais, como eles funcionam e se é possível atestar a veracidade deles, quando você precisar. Já saiba, de antemão, que é um recurso muito seguro, previsto em lei e que possibilita muito mais agilidade para o seu dia a dia, como você poderá ver nos mínimos detalhes.

Vamos lá?

Sobre a necessidade de se manter bem informado para não cair em fraudes

Como já dizia o antigo ditado, informação é poder — e estar sempre atualizado é fundamental para se manter competitivo no mundo digital. As constantes modificações tecnológicas exigem que não apenas as empresas estejam sempre um passo à frente dos seus concorrentes, mas também as pessoas, e isso só pode ser alcançado com uma boa busca por informações confiáveis e úteis para o nosso dia a dia.

Isso porque as ferramentas tecnológicas estão se tornando cada dia mais acessível e fáceis de serem usadas, o que torna possível qualquer pessoa obter informações valiosas em tempo real. É importante saber como usar esses recursos para não só se manter atualizado, mas também para encontrar as melhores e mais seguras maneiras de se “locomover” por esse mundo totalmente digital. 

Durante o próximo tópico, explicaremos como verificar a veracidade da assinatura via certificado digital. Veremos se é possível sermos enganados e como evitar isso. Tudo pronto?

Afinal, como sei que um certificado digital é realmente válido?

Já falamos muito sobre qual é o melhor certificado digital aqui no nosso blog. Aprendemos que em uma assinatura digital (que pode ser feita por meio de um certificado) é apenas um arquivo com os dados de uma pessoa — identificadores, como números de identidade, nome, data e hora dos acessos, entre outras informações com o mesmo nível de importância.

Realmente, são muitas as utilidades do certificado digital: seja assinando um documento remotamente ou usando o certificado digital no Simples Nacional  Como você vai perceber, ser enganado por meio de um certificado digital é muito mais difícil do que pelos modelos de documentos convencionais.

Imagine que você está contratando uma pessoa e ela apresenta o documento de identidade para realizar a identificação. E se aquela identidade for falsificada e em ótima qualidade? Dificilmente você saberia desse problema e ele passaria batido, não é mesmo? Com o certificado digital não é assim. Falsificar a própria identidade é impossível e você vai entender o porquê na sequência!

Quais os meios de saber se um certificado ou assinatura digital são realmente válidos?

Os certificados digitais são emitidos e mantidos conforme as normas de segurança da indústria. Certificadores reconhecidos, chamados de Autoridades Certificadoras (AC), usam técnicas rigorosas para garantir a confidencialidade dos dados do titular do certificado durante todo o processo de registro. Além disso, os principais navegadores web possuem mecanismos criptográficos integrados para identificar e bloquear sites que apresentarem ameaças à segurança.

Resumindo, no Brasil, o certificado digital é válido se ele for emitido por uma AC credenciada pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil). Por essas preocupações serem constantes e necessárias para que todo o sistema funcione da melhor maneira, existem algumas formas de saber a validade de um certificado ou assinatura digital. A seguir, você confere algumas delas.

Via link

Lembra quando falamos sobre a identidade falsificada? No caso de uma identidade digital, isso não seria possível. Cada assinatura digital tem informações precisas, como identificadores únicos para cada certificado. Na maioria das vezes, essas informações estão embutidas no documento assinado de forma digital. Em outras, o documento original é acompanhado por outros documentos, que podem ser utilizados para comprovar a validade da assinatura.

Para isso, é disponibilizado à população brasileira um serviço que realiza a conferência da veracidade das informações. É a plataforma de verificação do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

Uma autarquia vinculada ao Governo Federal, responsável por manter toda a infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira funcionando da melhor maneira. Na plataforma do ITI, você deve selecionar o arquivo da assinatura (ou o documento digitalmente assinado) e clicar em verificar autenticidade.

Verificador ITI - Serasa Experian

Após alguns segundos, você receberá um retorno sobre aquele documento ou assinatura, que o colocará como válido ou inválido, a depender da veracidade das informações verificadas ou da data de validade do certificado. Nele ainda é possível ver, parcialmente, os dados da pessoa que efetuou a assinatura, além da Autoridade Certificadora.

Verificador ITI - Serasa Experian

Por meio das chaves criptográficas (pública e privada)

Cada certificado digital tem uma numeração única. Por isso, uma maneira de verificar a validade do certificado é usando as chaves públicas e privadas. As chaves são os números que criptografam e descriptografam o certificado. Se as chaves forem válidas, então, o certificado é considerado válido. De maneira geral, é o mesmo processo realizado no método acima, mas você vai conferir a olho se aquele número “SHA256” presente no documento assinado é o mesmo da assinatura daquela pessoa.

Bloqueio do documento 

É possível fazer o bloqueio após a realização da assinatura com o Certificado Digital já instalado em seu dispositivo. Ao fazer isso, o proprietário impossibilita que alguém mais possa fazer alterações no documento — qualquer alteração naquilo que foi assinado mudará o “SHA256”, invalidando a autenticidade do material.

Como você deve ter percebido, os certificados e assinaturas digitais estão bastante confiáveis e prometem ficar cada vez mais, acompanhando o ritmo acelerado da tecnologia. É bom entender, também, que esses avanços também se dão ao nível institucional, pois os certificados digitais são amplamente (e têm sido cada vez mais) aceitos por todas as camadas da sociedade.

Seja para realizar a assinatura de documentos de maneira remota, seja para declarar impostos, o certificado digital com certeza é a opção mais prática para você e sua empresa, estando sua aceitação prevista em lei e passível de verificação de assinatura digital — como no caso da plataforma que atesta se um arquivo é assinado com certificado da ICP-Brasil e se está consoante ao DOC-ICP-15.

Gostou de saber das novidades e da segurança que a certificação digital tem? Então otimize sua rotina e adquira um Certificado Digital da Serasa Experian!

Se tiver qualquer dúvida, não deixe de entrar em contato com os nossos especialistas. Conquiste mais liberdade e segurança para o seu dia a dia!

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.