Compre já seu Certificado
Imagem do artigo

Quais são os tipos de empreendedorismo existentes? Descubra aqui!

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
5.4

Possivelmente, se falássemos em empreendedorismo digital há algumas décadas, as pessoas sequer saberiam explicar como isso poderia ser usado na prática. Hoje, no entanto, esse é um dos tipos de empreendedorismo mais comuns que existem.

Quando se trata de projetar e implementar novas ideias, em especial aquelas inovadoras, o brasileiro é um dos povos mais criativos. Por isso, nosso país conta com uma diversidade enorme de tipos de empreendedorismo e conhecer melhor os principais deles é fundamental para entender como você pode usar essa influência cultural a seu favor.

Quer saber mais? Então, acompanhe este post até o final!

O que é empreendedorismo?

O empreendedorismo pode ser entendido por muitos como o ato de abrir uma empresa. Mas a verdade é que o conceito não se resume a isso. Empreender é, na verdade, desenvolver novas soluções a partir de produtos e serviços já existentes ou de um mercado completamente inexistente.

Com ele, é possível transformar uma ideia em algo útil para um público específico e ainda tornar isso algo rentável. E, como você pode perceber, nem sempre é necessário abrir uma nova empresa para isso — existem intraempreendedores, criando alternativas de dentro de grandes companhias.

Portanto, ter um negócio próprio não é um pré-requisito para ser um (bom) empreendedor. Na verdade, o que você precisa é de características e habilidades bem mais específicas, como:

  • boa visão de mercado, de oportunidades, de tendências e de negociações;
  • estratégia convincente, que considere objetivos bem traçados e meios para executá-los;
  • capacidade de análise detalhada de oportunidades e ameaças, além de outras variáveis nos cenários;
  • criatividade para propor combinações inusitadas e fora da caixa;
  • resiliência e persistência para tentar vários caminhos até chegar ao mais eficiente.

Quais são os principais tipos de empreendedorismo?

Como você viu, existem muitos tipos de empreendedorismo e se você for a fundo nessa busca, descobrirá que as classificações são surpreendentemente detalhistas. Mas, em geral, é importante ficar atento àqueles mais usuais, como o empreendedorismo corporativo, o informal, o individual, o interno, o digital e assim por diante.

A seguir, listamos alguns deles para você entender melhor do que tratam. Então, fique de olho para não perder nenhum detalhe!

Empreendedorismo individual

Entre os tipos mais recorrentes de empreendedorismo conhecidos hoje está o empreendedorismo individual. Ele é composto de pessoas que criaram uma empresa do zero, com o objetivo de vender produtos e serviços e lucrar com eles. Muitos desses empreendedores saíram da informalidade, de atividades que já vinham sendo executadas.

Nesse caso, o empreendedor não conta com sócios e pode ter uma Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) ou ser um Microempreendedor Individual (MEI). Apesar de serem empresas menores, elas também têm obrigações financeiras e fiscais.

Empreendedorismo corporativo

O segundo tipo de empreendedorismo é o chamado intraempreendedorismo. Trata-se do espaço criado para que colaboradores de empresas e grandes companhias criem soluções de negócios sem precisar sair da empresa.

Nesse caso, o objetivo é otimizar os resultados de uma empresa já existente. E isso normalmente acontece pela criação de projetos inovadores que complementam as soluções da organização. Assim, o intraempreendedor é aquele colaborador que trabalha com carteira assinada, mas empreende para o seu chefe.

Empreendedorismo social

Outro tipo bastante comum de empreendedorismo é o social. Um pouco mais afastado do objetivo de lucrar, esse tipo de empreendedorismo visa o desenvolvimento de comunidades inteiras, seja por condições de vida mais dignas, seja pela qualificação profissional de quem não conseguiria sem apoio.

Aqui, o objetivo é criar soluções que fomentem aspectos sociais, econômicos e culturais de um local. Desse modo, o foco central é a transformação que pode ser gerada. Com isso, não quer dizer que essas empresas não possam ter lucro. Elas até visam o crescimento econômico e a lucratividade, mas a meta principal não é essa.

Empreendedorismo de negócios

O empreendedorismo de negócios se diferencia do corporativo porque não é realizado dentro de uma empresa. Nele, um colaborador se desliga do emprego atual, por exemplo, para criar a sua própria empresa, fora desse contexto corporativo.

Além disso, ele também é diferente do empreendedorismo individual, porque não precisa ser composto de uma única pessoa. No caso do empreendedorismo de negócios, um profissional pode se unir a outros sócios para iniciar uma nova empresa.

Empreendedorismo feminino

O empreendedorismo feminino é caracterizado por aquelas mulheres que decidem abrir uma empresa. Essa classificação é particularmente importante para aumentar o empoderamento das mulheres a frente dos negócios e promover a liderança feminina nesses espaços.

Além disso, o empreendedorismo feminino também está associado às lutas pelos direitos de igualdade de gênero, de diversidade e, até mesmo, de inclusão social. Por isso, é uma forma de gerar visibilidade para essa força feminina tão grande dentro do empreendedorismo.

Empreendedorismo verde

Ser empreendedor em tempos de crise pode ser desafiador para muitas pessoas, mas uma grande oportunidade também. Diante de uma das maiores crises climáticas já vistas até aqui, o empreendedorismo verde ganha cada vez mais espaço, por exemplo.

Quem está atento às alternativas para conservar e preservar o meio ambiente está ganhando dinheiro com isso. E essa inclinação pessoal pode se transformar em um negócio especializado e altamente qualificado, prestando serviços para pessoas e empresas, seja por meio do fornecimento de água potável, da geração de energia limpa ou, até mesmo, do aproveitamento de resíduos.

Como identificar o seu tipo empreendedor?

Não existem muitos segredos quando se trata de identificar qual é o seu tipo empreendedor. Você perceberá que existem, em média, 8 tipos diferentes e que naturalmente você se identificará com um:

  • empreendedor nato — é aquele que nasce com o dom de criar soluções inusitadas, inovadoras e economicamente atrativas;
  • empreendedor aprendiz — aquele que está sempre se arriscando em atividades que ainda não domina, mas que se apoia em mentores que qualificam seu trabalho;
  • empreendedor serial — é a pessoa que começa um negócio, obtém sucesso ou fracasso e, depois, usa o conhecimento para iniciar tudo de novo, em outro empreendimento;
  • empreendedor corporativo — aquele que não assumirá todos os riscos sozinho, então, prefere empreender dentro da empresa;
  • empreendedor social — é o profissional que está sempre buscando soluções para o bem comum, pensando nos outros;
  • empreendedor por necessidade — geralmente, está associado a quem precisa ganhar dinheiro para sustentar a própria família e, por isso, aprende a fazer qualquer coisa e a ganhar por isso;
  • empreendedor herdeiro — é quem acaba recebendo um negócio de família e tendo que assumir todas as responsabilidades;
  • empreendedor planejado — é o mais recorrente, se tratando da pessoa que planeja cada passo da sua transição de carreira até o início de um novo empreendimento.

Certamente, algum desses tipos de empreendedorismo provocou uma maior identificação em você, não é mesmo? E não se esqueça que você pode ter mais de um tipo ou migrar entre eles. Pode ser que você comece como um empreendedor por necessidade, por exemplo, mas se descubra bom nisso e vire um grande empreendedor serial, criando muitos negócios de sucesso.

O mais importante não é focar no tipo de empreendedor que você é e sim nas ferramentas, conhecimentos e caminhos que você usará para viabilizar a sua ideia de negócio. Se não quiser arriscar tudo de início, tudo bem. Considere algo mais acessível para você hoje, como abrir uma empresa online. Depois, vá aumentando suas possibilidades.

E se você gostou do que viu por aqui sobre os tipos de empreendedorismo, não deixe de nos seguir no Facebook e no Instagram.

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.