Compre já seu Certificado
Imagem do artigo

Networking: qual é a importância e como fazer

Avatar
Escrito por Certificado Digital
Nota dos leitores
para este artigo:
6.9

Nem sempre os outros profissionais e empresas são concorrentes que precisam ser superados. Na verdade, uma boa parte do sucesso vem das conexões feitas ao longo da carreira. É por isso que, quanto antes você começar a praticar o networking, melhor será para o seu próprio crescimento.

É por meio dessa prática que um profissional ou empresa faz com que seu nome fique conhecido no meio. Além disso, com o networking, é possível manter contato com aqueles que estão no mesmo ramo de atuação ou em ramos afins, abrindo mais portas e gerando oportunidades.

Mas, para que o networking traga um bom resultado, ele precisa ser feito do jeito certo. Então, preparamos este conteúdo para explicar melhor por que o networking é importante e para trazer algumas dicas para você aplicar essa prática de uma forma mais eficiente. Continue lendo!

O que é networking?

Networking é um termo em inglês que significa criar uma rede de contatos. Ou seja, é a prática de fazer conexões com pessoas, profissionais e empresas com o objetivo de trocar experiências, conhecimentos, ideias, e assim por diante.

O intuito de praticar networking é cultivar bons relacionamentos dentro do mundo dos negócios. Afinal, essa é uma prática voltada para o âmbito profissional. Contudo, é importante entender que não estamos falando necessariamente de fazer amigos, e sim de estreitar relações de trabalho para que haja colaboração entre esses profissionais ou empresas.

Muitos não veem o networking com bons olhos. Isso porque algumas pessoas podem utilizar da falsidade para criar as suas conexões. Mas o objetivo é ter parcerias e praticar essa colaboração, conforme explicamos, visando promover o crescimento e o sucesso de ambas as partes.

Por isso, é tão importante saber como fazer o networking, já que as conexões criadas precisam ter uma boa qualidade. Elas devem ser formadas não com interesses unilaterais, mas pensando sempre na maneira como cada um pode agregar valor para o outro e, assim, crescerem juntos.

Network ou networking?

É muito comum que aconteça essa confusão entre os termos network e networking, já que a grafia é muito parecida e também se referem à mesma prática. Porém, estamos falando de conceitos diferentes.

Network é a rede de contatos ou conexões criadas por uma empresa ou por um profissional. Networking é uma prática, a maneira como fazemos ou como criamos a network.

Para você criar a sua lista de contatos, é preciso fazer alguma coisa. O networking é o conjunto de ações ou de práticas adotadas para iniciar e manter os relacionamentos com outros que pertencem ao seu ramo de atuação ou a áreas afins.

 Por que o networking é importante?

Nenhum profissional ou empresa atua sozinho no mercado. Por mais que seja uma atividade independente, ainda assim é necessário ter, pelo menos, fornecedores, e isso já começa a criar algumas conexões.

Não podemos esquecer, também, de que é fundamental estar consciente daquilo que a concorrência faz, observar o mercado e as novidades que surgem, acompanhar as tendências, implementar inovações, entre outras práticas essenciais para promover a sobrevivência no ramo.

Entretanto, se o profissional ou a empresa se fecha no seu próprio mundo, não tem acesso a tudo isso. Logo, a tendência é que fique para trás. Esse é um dos grandes motivos para praticar o networking.

Essa estratégia é fundamental justamente porque permite acompanhar aquilo que está acontecendo na sua área de atuação. Como explicamos, existe a troca de ideias, conhecimentos e experiências.

Para não ficar mais nenhuma dúvida, veja nos tópicos a seguir alguns fatores que explicam de forma clara por que o networking é importante para qualquer profissional ou empresa.

Conhecer profissionais e empresas do ramo

Uma das características do empreendedor de sucesso é a sua visão ampla. Ele precisa observar muito além e conferir aquilo que está acontecendo ao longe, ou seja, deve sair do seu mundo limitado para acompanhar o seu setor e a área de atuação.

Isso é possível por meio da prática do networking, que possibilita conhecer outros profissionais e organizações que atuam no mesmo ramo. Assim, fica mais fácil observar e acompanhar esses agentes, analisar a maneira como eles se colocam no mercado, as estratégias que utilizam, em que tipo de conhecimento, formação ou capacitação estão investindo, entre outros aspectos que vão contribuir para o seu próprio crescimento, por meio da inspiração nesses casos de sucesso.

Fazer o seu nome ficar conhecido

As oportunidades de negócio só vão aparecer se os outros souberem que você também está no ramo. Isso significa que o seu nome precisa ser visto e ser reconhecido, e o networking promove essa visibilidade.

Quando você conhece outros profissionais e empresas, também está se fazendo conhecer para eles. Isso é fundamental para começar a criar o seu nome no mercado, ou então para que ele seja fortalecido e ganhe cada vez mais credibilidade, inclusive, podendo se tornar referência.

Criar oportunidades

Quando os outros profissionais e empresas começam a conhecer o seu nome e o seu trabalho, eles também colocam você em suas próprias networks. Isso pode gerar grandes oportunidades.

É verdade que nem sempre elas acontecem no primeiro momento, mas não se esqueça de que as árvores brotam a partir de sementes. Quando você pratica o networking, está distribuindo essas sementes e pelo menos uma delas poderá germinar.

A ideia é manter a persistência porque, se você não aproveitar essas brechas para colocar o seu nome em evidência, as oportunidades serão dadas para outros que estão sendo vistos.

Obter informação e conhecimento

Fazer novas conexões também é muito importante para ampliar o seu próprio conhecimento. Como explicamos, é dessa forma que você vai conhecer as novidades e as tendências do seu ramo, acompanhar as projeções, e isso permite obter informações valorosas para traçar as próximas estratégias.

Afinal, o intuito é adequar o seu trabalho àquilo que poderá trazer mais oportunidades, além de corrigir possíveis falhas, ajustar métodos e otimizar o seu sistema de trabalho para que ele atenda da melhor forma as demandas que estão surgindo.

Fortalecer relações

É importante ressaltar que a prática do networking não consiste em apenas reunir o máximo de nomes, números e endereços de e-mail. Na verdade, a intenção é estar em contato com profissionais e empresas para fortalecer relações.

A sua network funciona basicamente como uma lista de leads. É preciso estar em contato, cultivar o relacionamento, se fazer presente, ou seja, mostrar que você está ali e continua na ativa. Demonstrar essa disponibilidade para os demais ajuda a ganhar a confiança deles e gerar as oportunidades de que falamos.

Como fazer networking?

Agora que você entendeu por que o networking é importante, chegou a hora de descobrir como praticar essa estratégia da melhor forma, para criar e aproveitar boas oportunidades. Acompanhe as dicas e sugestões com atenção para perceber a diferença entre criar conexões e fazer parcerias em relação às práticas baseadas em falsidade e interesses unilaterais

Lembre-se de que a criação da network visa a ajuda mútua, a colaboração e o crescimento na carreira, e não utilizar os demais como degraus para o sucesso individual.

Participe de eventos

A participação em eventos é a nossa primeira dica porque esses momentos reúnem grandes profissionais e empresas. Você pode participar de palestras, feiras, congressos e outros específicos da sua área de atuação.

O Certforum, por exemplo, é voltado para a área de Certificação Digital. Existem também os eventos específicos para o marketing, como o RD Summit. Na área de publicidade, temos o CenpHub, e o Conbcon no setor de contabilidade.

Pesquise sobre os eventos que acontecem na sua área de atuação ou em ramos relacionados e esteja presente para aproveitar esses momentos únicos de troca de conhecimento.

Esteja nas redes sociais

As redes sociais também são importantes para a prática de networking, por facilitarem conexões, independentemente de localização geográfica. A visibilidade é muito ampla, e isso é uma grande vantagem para você. Mas é importante ter cuidado pelo mesmo motivo.

Nessas plataformas, existe uma exposição muito grande. Então, é essencial ter bastante cuidado com aquilo que é postado e com a maneira como você posta. Procure se comunicar de forma clara, sempre mostrando seus objetivos e expondo o seu conhecimento e experiência, mas de uma forma natural, sem parecer arrogante.

Também procure estudar, buscar informação e consumir conteúdos para levantar temas interessantes, que despertem debates inteligentes. Evite ao máximo falar mal de empresas ou profissionais. Pratique a ética na internet, lembrando que atrás da tela existem milhões de pessoas acompanhando aquilo que você faz.

Seja útil, sem interesses

Lembra que explicamos que o networking visa a colaboração? Você pode criar boas oportunidades por estar à disposição e se mostrar útil, auxiliando de forma desinteressada aqueles que chegam até você.

É claro que não estamos falando para que você entregue o seu trabalho de graça. Existem algumas gentilezas que podem ser feitas apenas com o objetivo de cultivar aquela relação. Procure ajudar quando for possível sem pedir algo em troca, e demonstrando de fato interesse em contribuir.

Ative a criatividade e a autenticidade

Já tem muita gente por aí fazendo o mais do mesmo. Se você acompanhar essa correnteza, será simplesmente mais um profissional em meio a milhares de outros. Quando for praticar networking, evite que isso aconteça ativando a sua criatividade e a autenticidade.

É fundamental que você procure uma forma de se destacar entre os demais. Porém, nem sempre é preciso fazer algo grandioso para que isso aconteça. Um pequeno detalhe, como uma mensagem de congratulação, pode ser suficiente para que os olhares se voltem para você.

Quando todos estão enviando uma mensagem de aniversário padronizada, você pode criar uma única, com autenticidade e que transpasse a sua personalidade, o seu jeito de ser. As suas postagens nas redes sociais também podem fugir ao padrão para que elas sejam mais criativas e consigam chamar a atenção em meio a tantas informações que já estão disponíveis.

Prefira estar presente

O avanço da tecnologia trouxe a grande facilidade de participarmos de eventos que estão acontecendo em lugares distantes. Também permite se fazer presente em todas as reuniões da empresa de forma online, mas nem sempre esse é o melhor caminho.

É importante que, sempre que possível, você esteja presente de forma física. Um aperto de mãos e o contato olho no olho não podem ser substituídos. Eles fazem com que essa relação interpessoal seja muito mais intensa e ainda permitem brechas para que você possa interagir de uma forma diferente daquilo que acontece por videoconferência, que tende a transformar tudo em algo muito mais formal e frio.

Vá pessoalmente. Faça esses contatos. Aproveite os momentos de coquetel, talvez um café em um local neutro. Enfim, busque esses momentos de oportunidade para conhecer os demais um pouco mais a fundo.

Mantenha a network ativa

Um detalhe muito importante que você não pode esquecer é que a network não trabalha sozinha. De nada adianta distribuir cartões de visitas, ter muitos contatos nas suas redes sociais e aquela lista gigantesca de telefones se eles não fizerem parte do seu dia a dia.

A sua network precisa se manter ativa, e isso depende de você. É interessante, por exemplo, avisar os seus contatos que você fez a indicação do serviço deles para fulano de tal. Também vale fazer perguntas, pedir sugestões, trocar informações, fazer convites, e outros. Trabalhe esses contatos como se fossem os seus leads, nutrindo com momentos e interações para que não se esqueçam de que você existe e está ali.

Prefira qualidade em vez de quantidade

Alguns profissionais têm a falsa sensação de que é preciso ter muitos contatos para que as oportunidades sejam geradas. Entretanto, é importante entender que a network é parecida, mas não funciona conforme a sua carteira de clientes ou a sua lista de leads.

Quando se trata das conexões profissionais, é mais interessante que você priorize a qualidade em vez da quantidade. Não é preciso estar em contato com todos os profissionais da sua área. O ideal é fazer uma seleção e conferir quais são aqueles mais valorosos, os que podem agregar algum valor para sua carreira, aqueles que poderiam render parcerias interessantes.

Mas não se esqueça de sempre pensar dos dois lados. Você também precisa oferecer alguma contribuição para que essa parceria seja interessante para o outro. Do contrário, o seu nome é que será riscado da lista. Portanto, faça estudos e análises para conferir quais são as conexões que valem a pena serem cultivadas e invista nelas.

Da mesma forma como cuidamos das amizades em âmbito pessoal, precisamos criar conexões em âmbito profissional. Não se trata de falsidade ou de interesses, mas sim de buscar oportunidades e caminhos de crescimento. É estar presente na sua área de atuação e aplicar o seu conhecimento, a sua experiência e o seu trabalho junto aos parceiros para favorecer o sucesso de todos.

A prática de networking também pode auxiliar na expansão dos seus negócios. Descubra se esse é o momento certo para você começar a expandir.

Este artigo lhe foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo:
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Obrigado pelo seu voto!

Ele será muito importante para nossa avaliação
Usamos cookies para personalizar o conteúdo, adaptar e medir anúncios, além de oferecer uma experiência mais segura a você. Ao continuar a navegação em nosso site, você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Cookies e saiba mais.
Assine nossa newsletter | Assine a newsletter e receba as últimas novidades no seu email.